Grupo Cidade
Grupo Cidade
A morte de Georg Ratzinger e a grandeza de seu irmão, o Papa emérito

Bento XVI enfrentou os desafios da pandemia para visitar o irmão enfermo na Alemanha.

Georg Ratzinger, 96 anos, faleceu nesta quarta-feira, dia 1º de julho, na Alemanha, oito dias depois de ter recebido a visita do irmão, o Papa emérito Bento XVI, de 93 anos. Foi o último encontro dos irmãos Ratzinger. Embora frágeis fisicamente, os dois celebraram a Eucaristia juntos. Segundo alguns jornalistas que cobrem o Vaticano, Joseph Ratzinger, o Papa emérito, não visitou a irmã antes de sua morte, isto por conta dos muitos afazeres na Cúria romana, quando era Prefeito da Congregação para Doutrina da Fé. 

Convicto de não querer  cometer o mesmo ato com o irmão Georg, Joseph, pleiteou uma verdadeira saga para se encontrar com o irmão mais velho. Em uma Europa ainda assolada pela pandemia do novo coronavírus, assim que soube do declínio da saúde de Georg, Bento XVI  fez a viagem do Vaticano a Alemanha. Os registros mostram um corpo debilitado pela idade  e pelas enfermidades, mas se percebe um espírito destemido e jovial no Papa emérito. 

Além de tudo, Joseph, pertence ao grupo de risco da Covid-19, mas a consciência de sua missão e o amor pelo irmão o fez transpor as barreiras e mostrar ao mundo - embora não tenha dito uma única palavra -  que o medo não pode ter a última palavra em nossas vidas, ainda que as circunstâncias sejam as mais adversas possíveis. 

Descanse em paz Georg Ratzinger. Obrigado Bento XVI. 

Religião Frisson News

Descubra as notícias sobre as atividades da Igreja Católica no Brasil e no mundo relativas a diálogo inter-religioso, atualidade e temas sociais.

COMENTÁRIOS