Grupo Cidade
Grupo Cidade
URGENTE: cientistas descobrem vírus em porcos com potencial para nova pandemia

A identificação de um subtipo de vírus da gripe em porcos que apresenta potencial para gerar uma nova pandemia foi anunciada por cientistas chineses na noite de segunda-feira (29). O novo patógeno é variedade predominante do vírus influenza em fazendas de suínos em 10 regiões da China. Para os pesquisadores, a contenção requer medidas "urgentes", antes que uma nova pandemia surja paralelamente à do coronavírus, o que agravaria a estabilidade da vida humana no planeta.

A publicação da descrição do vírus foi feita pelo grupo liderado por Honglei Sun, da Universidade Agricultural da China, na revista científica "PNAS", da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos. Identificado com a sigla "G4 EA" (genótipo 4 da variedade Eurásia/aviária), o vírus é um derivado do H1N1, grupo de vírus que matou mais de 200 mil pessoas no mundo em 2009.

Para os cientistas, o mais preocupante é a alta capacidade de o novo vírus infectar humanos, o que foi comprovado por várias evidências, como sua estrutura biomolecular, a eficiente infecção em células humanas e mamíferos e, o que é pior, a realização de exames de anticorpos em trabalhadores da indústria suína que já foram infectados pelo vírus.

Dos 338 operários que participaram do teste, apenas 10% apresentaram anticorpos para G4 EA H1N1. Em jovens de 18 a 35 anos, o número chegou a 20%. O monitoramento de vírus em porcos integra um trabalho de rotina da vigilância em gripe na China, visto que esses animais são considerados os "caldeirões" biológicos onde tipos diferentes de influenza se misturam e adquirem novas características. Poucos vírus, no entanto, recebem o status de risco que o G4 EA H1N1 recebeu. "Controlar os vírus G4 EA H1N1 prevalentes em porcos e monitorar populações humanas, especialmente trabalhadores na indústria da pecuária suína, são medidas que devem ser implementadas com urgência", afirmou Honglei Sun.

COMENTÁRIOS